Pular para o conteúdo

Últimas Notícias

ERP no transporte: contratar ou desenvolver uma tecnologia?

A dúvida sobre o desenvolvimento do próprio sistema de gestão permeia muitos gestores de empresas de transportes. Afinal, com o crescimento da sua empresa, fica cada dia mais evidente a necessidade de otimizar e automatizar os processos internos com um software de gestão integrada.

ERP – sigla para Enterprise Resource Planning – tem como tradução livre Sistema integrado de gestão empresarial. Assim, funciona como um sistema de informação que interliga todos os dados e processos de uma organização em uma única plataforma.

E para muitos gestores das transportadoras de passageiros, não é fácil decidir se é mais vantajoso desenvolver um sistema de gestão próprio, ou contratar um serviço existente no mercado.

O questionamento inicial aparece, pois os softwares de gestão feitos sob medida por empresas especializadas tem um custo elevado, enquanto os softwares de gestão integrada genéricos podem não se encaixar perfeitamente na necessidade do seu negócio.

A saída, para alguns empresários, parece ser internalizar uma equipe de desenvolvimento. Mas será que essa é a melhor opção?

Confira algumas dicas que vão te ajudar a decidir entre um ERP para transporte já existente ou internalizar uma equipe de TI.

Equipe de TI

A sua equipe interna nem sempre está preparada para essa demanda, e isso é normal quando nunca existiu uma demanda como essa dentro da empresa.

Por isso, será que sua equipe interna tem conhecimento e experiência necessários para desenvolver um software completo e eficiente?

É importante ter em mente que nem sempre os times internos tem o conhecimento para o desenvolvimento de sistemas completos e sem erros.

E que isso pode demandar ainda mais tempo para a criação do software, desfalcando a equipe de suas tarefas corriqueiras, assim como também pedem mais adaptações para o sistema funcionar de maneira correta.

Isso pode ser resolvido ao contratar uma equipe de desenvolvimento gabaritada. Entretanto, neste caso, a desvantagem pode ser que, ao contratar os desenvolvedores, além do custo alto, nem sempre eles têm familiaridade com o seu negócio.

Assim, tornar o trabalho um pouco mais duradouro do que o esperado, já que será preciso treinar esses profissionais para que entendem sua necessidade.

No caso dos softwares especializados de empresas já existentes no mercado, as empresas que oferecem os serviços contam com uma equipe de TI dedicada a solucionar problemas e instabilidades sempre que preciso. E a tecnologia já está pronta para ser implantada.

Estabilidade garantida

Outra vantagem que um software gestão pronto apresenta em comparação aos outros, é em relação à estabilidade. Como essas plataformas já foram testadas sistematicamente, e já passaram por erros e correções, os softwares já passaram pela fase de melhorias, chegando ao consumidor uma versão eficiente.

Assim como oferecem como vantagem as atualizações recorrentes. Já que a tecnologia está em constante evolução, é preciso se adaptar às novidades, e as equipes internas de TI nem sempre estão preparadas ou estão atentas ao que há de novo no mercado.

O que também pode acontecer no caso de contratar um serviço terceirizado, é que dependendo do tipo de contrato fechado o gestor precisará contratar a equipe especialista a cada nova atualização de sistema, evitando que a plataforma se torne obsoleta com o tempo.

Custo-benefício

Só vale a pena investir no próprio software de gestão, caso não exista nenhuma outra plataforma no mercado que atenda o setor em que a empresa opera.

Em outros casos além desse, dificilmente o investimento em uma solução própria é valida, pois pode custar até 10 vezes mais que o valor do investimento feito em uma solução que já existe no mercado.

Como escolher o ERP para a sua empresa de transportes

O primeiro passo é encontrar um fornecedor especialista. Portanto, que ofereça um serviço feito sob medida para o setor de transportes de passageiros, carga e logística. Assim, é mais fácil que atenda todas as necessidades da empresa.

A Praxio está há mais de 30 anos no mercado de soluções para o setor de transporte logístico e de passageiros. Por isso, tem experiência de sobra para oferecer aos gestores um software adequado às necessidades da empresa de transportes, seja urbano, fretamento, turismo ou mesmo carga e logística.

O ERP especializado no transporte já existe, o sistema ERP Passageiros foi feita especialmente para o setor de transporte de passageiros. E contou com especialistas no setor para o seu desenvolvimento. Ou seja, que foram a campo entender todas as necessidades da operação para entregar as melhores soluções às empresas de transporte.

Dessa maneira, é possível automatizar processos de maneira que torne o dia a dia na empresa mais rápido e eficiente.

Isso porque integram todas as áreas da empresa em uma única plataforma, permitindo a analise da parte administrativa, financeira, oficinas, materiais, escala de motoristas e tudo o que se refere à gestão empresarial e da operação em si, envolvendo toda a frota.

Entre em contato com a Praxio e faça uma cotação!