Pular para o conteúdo

Últimas Notícias

O papel do ERP na gestão de transporte de passageiros

O ERP na gestão de transporte de passageiros desempenha um papel importantíssimo em toda empresa que atua neste segmento.

Primeiramente, o ERP permite que as empresas deem conta dos processos logísticos diários de maneira automatizada, onde a falha humana pode ser diminuída consideravelmente.

Nesse sentido, é uma verdade notória que o consumidor moderno está cada vez mais exigente, desejando simplicidade na hora de adquirir um bilhete de viagem, e disponibilidade de ônibus para que possa realizar o trajeto escolhido.

Do mesmo modo, é notório o desafio diário que toda empresa de transportes passa para oferecer o melhor serviço possível ao usuário pelo menor custo e, ainda assim, aumentar suas receitas para que se obtenha lucros rentáveis.

Informações importantes para os gestores

Dentre outros aspectos, os gestores de empresas de transporte precisam estar de olho em algumas informações principais. A saber:

  • Disponibilidade da frota;
  • Manutenção preventiva e preditiva;
  • Gerenciamento do consumo de combustível;
  • Troca de óleos e lubrificantes;
  • Gerenciamento de vida útil dos pneus;
  • Depreciação dos veículos.

Estes ativos devem ser averiguados com muita cautela e rigor, pois são um dos maiores gastos de toda empresa de transporte.

Nesse sentido, otimizar todos eles, de forma que que a empresa possa operar com com o mínimo de perdas, é um bom caminho para conquistar a rentabilidade tão almejada.

O que um ERP padrão executa?

O ERP, da sigla Enterprise Resource Planning, nada mais é que um planejador empresarial de recursos.

Mas, afinal, o que seria isso, especificamente?

Trata-se de um software robusto, que pode ser baseado em computação na nuvem (ou seja, cloud computing), que agrega e unifica todos os dados de uma empresa.

Dessa maneira, os dados mais comuns coletados por um ERP são:

  • Financeiro;
  • Compras;
  • Vendas;
  • Recursos Humanos.

Assim, são os chamados dados de backoffice, com os quais toda empresa utiliza para o seu funcionamento trivial.

E por que o ERP é tão importante?

Porque ao agregar e unificar todos estes dados em um único local, a informação, além de se tornar mais segura, pode ser visualizada por todos os colaboradores de uma empresa por meio de computadores e dispositivos móveis.

E além disso: os dados são transmitidos em tempo real, 24 horas por dia.

Dessa maneira, com o ERP, a empresa não corre mais o risco de possuir dados diferenciados e desatualizados em cada setor, o que causa confusão entre os gestores e informações imprecisas sobre a real situação financeira da corporação.

Nesse sentdo, é com a real situação financeira de uma empresa que os gestores conseguem ter visão ampla de seu negócio, podendo tomar decisões assertivas sobre troca de material, bem como expansão, dentre outros aspectos.

O que um ERP focado em transportes executa?

No caso do ERP focado em transportes, a situação muda de figura. Ou seja, é um software de gestão muito mais completo e diversificado.

O ERP Passageiros, da Praxio, é o único software que consegue agregar todos os dados do backoffice de sua empresa, bem como toda a operação logística em si.

Assim, as tarefas desempenhadas por um ERP focado em transporte de passageiros são, a saber:

Linhas

  • Órgão concedente;
  • Localidades concedidas;
  • Linhas de origem/destino;
  • Gestão de trechos e tarifas;
  • Seções, dias e honorários;
  • Tipos de serviços;
  • Gestão e documentação de veículos.

Comercial

  • Emissores de passagens;
  • Cálculo de comissionamento;
  • Viagem de fretamento;
  • Venda embarcada,
  • Integração.

Finanças

  • Importação das vendas de passagem e demais receitas;
  • Consolidação para geração do financeiro;
  • Integração das receitas com financeiro e contábil,
  • Pagamento das comissões às agências.

Escalas e Fiscal

  • Geração de livros fiscais;
  • Atendimento à legislação e obrigações do setor;
  • Planejamento e controle de escalas,
  • Integração com folha de pagamento e manutenção.

Todos estes dados são repassados automaticamente para o principal setor de sua empresa de transportes, isto é, o Financeiro.

Ademais, as informações fornecidas acima pelo ERP também pode ser acessadas por outros departamentos de uma empresa de transportes.

Dessa forma, as tomadas de decisão tornam-se mais rápidas e assertivas, e a probabilidade de lucro de sua empresa aumenta.

Além disso, a qualidade da prestação do serviço em si, que é o transporte de passageiros, também aumenta pelo menor custo possível.

Nesse sentido, é possível integrar a tecnologia de roteirização à plataforma ERP, que consegue apontar, dentre outras funcionalidades:

  • Rotas alternativas para um determinado destino;
  • Evitar tráfegos congestionados em estradas e trajetos;
  • Saber a localização exata de cada veículo da frota

ERP focado em transportes e o resultado final

Quando uma empresa de transportes adere à tecnologia de ponta e opta pela implantação de um ERP focado em gestão de transporte, o resultado é um só: otimização de tarefas, aumento de produtividade e máxima redução de custos.

Nesse sentido, os gestores conseguem tomar decisões mais rápidas e práticas, não prejudicando a operação diária da frota.

O ERP na gestão de transporte tem a tecnologia oriunda da Indústria 4.0, que é moderna e eficiente, trazendo muito conforto para os seus clientes e lucratividade para a sua empresa.

Se interessou pela nossa plataforma? Entre em contato hoje mesmo com a nossa equipe de vendas e solicite um teste do nosso ERP Praxio Passageiros.