Pular para o conteúdo

Últimas Notícias

Análise de desempenho de motoristas de ônibus com software

Investir na análise de desempenho de motoristas de ônibus pode ser um fator decisivo para o sucesso da sua empresa de transportes.

Afinal, mesmo a forma como o motorista conduz o veículo é capaz de influenciar em custos como pneus e combustível, por exemplo. Além disso, uma direção perigosa pode causar acidentes.

Do mesmo modo, é preciso ficar de olho na carga horária de trabalho, evitando problemas relacionados à lei do motorista, e os riscos de passivo trabalhista. Nesse sentido, tais fatores podem comprometer tanto a reputação da empresa como o bolso!

Atualmente, buscar por excelência é o objetivo central de qualquer empresa que deseja se destacar no mercado.

Avaliar a equipe de motoristas promove boas práticas na empresa de transporte como um todo. A saber:

  • Evita danos aos veículos, bem como aumenta a vida útil de peças e dos pneus, pois reduz a necessidade de manutenções corretivas e substituições;
  • Eleva o nível de segurança da operação, uma vez que acidentes são evitados;
  • Reduz custos com recursos básicos como combustível, uma vez que a direção é moderada;
  • Evita multas decorrentes de excesso de velocidade, circulação ou paradas em zonas proibidas, bem como gastos com indenizações devido a direção perigosa;
  • Aumenta o controle operacional, auxiliando na gestão de horários de partida/chegada, além de prazos de entrega nos casos de transporte de cargas;
  • Evita passivo trabalhista decorrente da Lei do Motorista, uma vez que melhora o controle da jornada de trabalho dos motoristas;
  • Aumenta a produtividade do colaborador, viabilizando a capacitação desses profissionais e promovendo planos de carreira na empresa;
  • Maior controle operacional.

Mas como executar este tipo de gestão com excelência, aumentando a prospecção no transporte e, consequentemente, a lucratividade de sua empresa de transportes?

O que é análise de desempenho?

A análise de desempenho é um dos pilares da prática de gestão. Trata-se de um dos principais métodos de verificar a performance de um grupo ou de funcionários isolados.

O método é fundamental para alcançar as metas da empresa e fornecer dados essenciais ao setor de Recursos Humanos. O resultado é decisivo para as tomadas de decisão na empresa de transporte.

O trabalho não envolve apenas interpretar planilhas. Afinal, existe todo um entendimento e compreensão do trabalho desenvolvido pelos seus funcionários: o que eles pensam, o que sentem, etc.

É importante, então, desenvolver uma estratégia de avaliação de desempenho dentro da empresa, favorecendo a criação de uma política de desenvolvimento humano no negócio.

Esses indicadores são chamados de KPI, ou Key Performance Indicator.

Entenda: a informação hoje é um dos ativos mais valiosos que existe. Tornou-se praticamente impossível pensar e agir como empreendedor, independente do seu negócio, se você não há dados precisos em mãos.

Para determinar o seu KPI, você precisa determinar um dado que seja importante e de fácil visualização, e torná-lo o norteador das metas de sua empresa. No caso, estamos falando da performance dos seus motoristas.

Como realizar a análise de desempenho dos motoristas

Quando falamos em mobilidade, podemos traçar algumas metas essenciais para a análise de desempenho dos motoristas. A saber:

1) Horário de trabalho do motorista

O trabalho do motorista é externo. Mas nada impede de verificar se o profissional está cumprindo o seu horário determinado em contrato e os seus respectivos turnos.

Uma das maneiras é o planejamento de rotas e troca de turnos dos motoristas. Este controle pode acontecer via aplicativos integrados ao sistema de gestão. Isso faz com que o preenchimento de horas e controle da operação possa ser feito por dispositivos móveis.

Evitando também a necessidade do motorista ter que verificar manualmente em quadros e planilhas fixados no terminal a sua escala diária.

2) Condições do veículo

Observar as condições do veículo é o segundo indicador mais importante.

Conduzir o ônibus com cautela, com uma precisa troca de marchas, uso consciente dos freios e embreagem, fazem toda a diferença no final, porque são itens passíveis a manutenção em caso de mau uso.

Outro ponto importante está no consumo de combustível. Quanto maior o consumo, provavelmente o seu motorista pisou mais no acelerador e trafegou em velocidades acima da média.

3) Segurança no veículo

Uma boa empresa de transportes preza pela melhor experiência de viagem para os seus usuários, bem como

Portanto, verifique se os seus motoristas executam boas práticas de condução durante a operação para que a viagem aconteça tranquilamente, sem imprevistos.

Para isso, deve-se rastrear a posição do veículo e saber a quantos quilômetros está trafegando. Além disso, é preciso ficar de olho em possíveis desvios de rota, bem como outras infrações que podem ser cometidas pelo motorista.

ERP como auxiliador para análise de desempenho

Por fim, uma das maneiras inteligentes de se analisar o desempenho dos motoristas, e de sua operação como um todo, é utilizar softwares inteligentes de gestão, como o ERP.

O ERP é um software armazena e disponibiliza de forma integrada todos os dados de sua empresa. Assim, permitindo a unificação de dados em um único ambiente.

Dados logísticos e operacionais também são coletados no caso do ERP da Praxio. Há soluções tanto para o transporte de passageiros como o transporte de cargas. Os módulos são voltados ao dia a dia da operação e resolvem questões específicas do setor.

Com este software, fica muito mais fácil realizar a gestão de análise de desempenho, pois os dados são precisos e em tempo real.

Se interessou? Entre em contato com a nossa equipe de vendas e peça hoje mesmo uma demonstração.