Pular para o conteúdo

Últimas Notícias

Ponto de Equilíbrio Operacional no Transporte: como funciona?

Você sabe o que é o ponto de equilíbrio da sua empresa e a importância dele? Termo conhecido também como break-even point, o Ponto de Equilíbrio Operacional é um dos principais indicadores da saúde financeira do seu negócio. Ainda que ele seja do segmento do transporte.

Resumidamente, o ponto de equilíbrio permite balancear os ganhos e gastos totais, garantindo que a empresa não vá à falência. Fator que explica o porquê é tão importante encontrar o ponto de equilíbrio financeiro da sua transportadora.

Esse controle permite descobrir qual o faturamento mínimo mensal que precisa ser arrecadado para cobrir os gastos totais. Ou seja, o resultado da diferença entre os custos fixos e variáveis e os lucros de toda a empresa.

É esse o número que determinará qual será a quantidade de serviços que devem ser prestados para evitar algum prejuízo. Encontrando o ponto de equilíbrio financeiro dentro da transportadora, é possível analisar e criar um plano monetário, dentro da estratégia de negócio.

Como calcular o Ponto de Equilíbrio Operacional no Transporte

Independentemente do ramo da empresa, existem vários tipos de cálculos a serem feitos para descobrir o ponto de equilíbrio. A escolha pelo tipo de cálculo deve ser feita de acordo com os objetivos econômicos da empresa. Os três principais são:

  • Método Financeiro
    Neste cálculo, o contador considera todas as receitas e despesas existentes na empresa antes de fazer a conta. Porém não entram no cálculo os valores que não representam um desembolso ou entrada no caixa, como é o caso da depreciação de veículos ou variação cambial, deixando o indicador compatível com o caixa da empresa.
  • Método Econômico
    Aqui, os custos de oportunidade do dinheiro aplicado são considerados. Isso permite ter uma visão do lucro mínimo aceitável pelo empreendedor, viabilizando a análise dos que ele aplicou como recursos no negócio.
  • Método Contábil
    Mais conhecido e aplicado, esse tipo de cálculo é o mais simples de fazer. Isso porque leva em conta apenas o que, ao subtrair as despesas da receita, o valor final chega a zero.

O cálculo na prática

Para descobrir o ponto de equilíbrio da sua transportadora, a primeira medida a ser tomada é fazer o levantamento dos seguintes dados:

  • Custos operacionais fixos;
  • Preço do serviço;
  • Custo variável para a empresa funcionar.

A fórmula básica a ser aplicada, portanto, é:

Ponto de Equilíbrio = Custos operacionais fixos ÷ Preço de venda – o custo variável

Os custos fixos levam em conta os impostos, a folha de pagamento de funcionários fixos, sistema de gestão e de rastreamento, seguros e depreciação dos veículos.

Os valores variáveis são aqueles que oscilam conforme o mês e as demandas de serviços. Valores gastos com o combustível, manutenção de veículos, multas, lubrificantes, trocas de pneus e pedágios.

Para ajudar nesse cálculo, a projeção de receitas dos períodos anteriores é muito útil, assim é possível ter uma média tanto do lucro, quanto os custos da empresa. Ainda mais quando se trata de uma transportadora, que tem alto custo variável.

Ponto de equilíbrio definido, e agora?

Calculado o ponto de equilíbrio operacional da sua transportadora, é necessário usar esse dado a favor do seu negócio.

Caso o resultado obtido for baixo, você está com custos em um nível bom, pois significa que é necessário atingir menos receitas para evitar prejuízos e acumular lucros.

Porém, se o cálculo resultar em um número alto, está na hora de rever a estratégia da empresa. Esse resultado mostra que a transportadora é pouco competitiva, podendo assim ser abatida por seus concorrentes.

No caso de um resultado insatisfatório, é necessário mudar a estratégia do negócio. Existem algumas maneiras de mudar a rota da empresa. A empresa pode estimular a venda de serviços, aumentando o lucro, por exemplo. Ou até mesmo cortar gastos.

e-book para controle de custos da transportadora

A melhor forma de determinar os próximos passos para garantir o Ponto de Equilíbrio Operacional no Transporte é analisar todos os dados da empresa, de maneira que consiga encontrar brechas para criar uma nova estratégia empresarial.

Afinal, é importante lembrar que, para manter o ponto de equilíbrio operacional saudável, analisar apenas os custos e ganhos não basta. É necessário manter o controle do andamento das operações.

Para facilitar essa empreitada, e garantir o sucesso da transportadora, uma fórmula garantida é investir em uma ferramenta de gestão eficaz, que disponibilize as análises que permitam encontrar erros e acertos. Além disso, uma ferramenta de gestão permite traçar uma nova tática para manter uma boa performance na empresa.

A Praxio disponibiliza soluções na medida certa para auxiliar empresas do segmento do transporte. Com elas, é possível criar as estratégias comerciais, operacionais e financeiras adequadas para garantir o ponto de equilíbrio no transporte, e manter a sua transportadora longe do vermelho.