Pular para o conteúdo

Últimas Notícias

Gerenciamento de transportadoras: como integrar matriz e filiais

De acordo com o Project Management Institute Brasil (PMI), para 76% das empresas, o principal motivo para seus projetos fracassarem tem a ver com a falha na comunicação. Ao realizar o gerenciamento de transportadoras, o problema deve ser levado em conta. Afinal, neste segmento, isso também acontece quando o assunto é integração entre matriz e filiais.

A falha de comunicação tem grande impacto, pois acaba gerando consequências como redução de produtividade e aumento de gastos. Do mesmo modo, quando a empresa conta com o fluxo de uma ampla operação, as falhas podem ser ainda mais graves, e prejudicar significativamente os resultados da transportadora.

A troca de informações deve ser o principal foco entre matriz e filial. E pode ser prejudicada devido à divergência de opiniões, falta de entrosamento entre os colaboradores, ou até mesmo distância física entre as unidades. Resolver isso pode ser um desafio, ainda mais quando os colaboradores não se sentem parte de um mesmo time.

Por isso, separamos algumas dicas que mostram como é possível melhorar o gerenciamento da transportadora ao integrar matriz e filiais.

Como resolver?

Contornar problemas de comunicação em uma transportadora vai precisar, primeiramente, da colaboração dos profissionais da empresa. Isso porque o gestor precisará estabelecer contato entre cada uma das unidades, a fim de manter as informações operacionais atualizadas.

Uma forma de aproximar os colaboradores de matriz e filiais é organizar eventos para as diferentes unidades. Isso pode ser durante um treinamento, ou até mesmo algo mais elaborado, como projetos conjuntos. Dessa maneira, é possível quebrar as barreiras entre os colaboradores para uma comunicação mais eficiente e proativa.

Outra saída para os gestores é promover workshops entre líderes de equipes de diferentes regiões. Isso porque um bate-papo entre eles pode auxiliar a resolver problemas operacionais ou buscar soluções simples para problemas corriqueiros. 

Além do benefício que a troca de informações pode trazer, o gestor também tem acesso a mais dados sobre a empresa. E quanto mais referências sobre a realidade reunir, melhor será para as tomadas de decisão.

Tecnologia como aliada

Em pleno século XXI, não tem nada que tenha facilitado mais a comunicação do que a tecnologia. Por exemplo, telefone fixo e e-mail já ficaram obsoletos, quando o mercado conta com contatos via chat, teleconferências, aplicativos de mensagens… Não faltam opções para estreitar o relacionamento.

Outra ferramenta que facilita a troca de informações, mesmo durante a operação, é o software de gestão integrada. O sistema, que pode ser armazenado em nuvem, reúne todos os dados da empresa, permitindo o acompanhamento da operação em tempo real.

Dessa maneira cria-se um único canal de comunicação entre matriz e filiais. Assim, todas as partes tenham acesso ao que está acontecendo.

Outros benefícios do sistema de gerenciamento

Além das vantagens para a comunicação, o sistema de gestão integrada também permite o controle financeiro, fiscal e contábil de toda a logística da operação. Dessa maneira, proporcionando aos gestores a possibilidade de administrar, planejar e implementar melhorias em todos os setores da empresa, seja na área de armazenamento, gestão de estoque, etapa de embalagem, transporte da mercadoria, gestão de pessoas ou distribuição.

Com todos os dados ao alcance do gestor em apenas um clique, fica muito mais fácil e rápido tomar decisões. Portanto, evita os contratempos e melhora a estratégia empresarial, gerando, posteriormente, economia em seus recursos e de tempo em meio aos processos logísticos.

O sistema de gestão integrada disponibiliza também monitoramento de frota, em que as cargas sejam rastreadas e controladas, garantindo mais segurança para a transportadora. Assim como também permite agilizar as entregas ao sugerir mudanças de rotas.

Dessa maneira, os dados são armazenados no sistema, facilitando a visibilidade das informações e, portanto, a comunicação entre unidades. Os processos são facilitados, uma vez que todos os departamentos, de todas as áreas, estão integrados.

ERP gerenciamento de transportadoras

O sistema de gestão integrada é conhecido como ERP (Enterprise Resource Planning), e se trata do Planejamento dos Recursos da Empresa – ou seja o ERP é o software que simplifica o gerenciamento de transportadoras ao unificar informações da operação, facilitando diversos pontos dela com o controle automático de dados.

Um exemplo é o uso de robôs do sistema, que realiza uma série de processos de forma automática, reduzindo erros e garantindo agilidade. A emissão de documentos fiscais de transporte também é feita de acordo com a operação.

Assim, a unificação da matriz e das filiais é feita de forma coerente, uma vez que as unidades estão integradas, utilizando o sistema.

Nesse sentido, o ERP Carga e Logística, da Praxio, é um sistema de gestão integrada desenvolvida pensando nos processos característicos que envolvem o dia a dia de uma transportadora. Com soluções que englobam gestão de armazenagem, comercial, operacional, financeiro, administrativo, frota, fiscal e contábil e controle de indicadores de performance (BI).

Quer otimizar a integração e unir a operação entre matriz e filçiais da transportadora? Entre em contato conosco.